Estes são todos os comandos CMD que você deve conhecer

cmd

Embora falar de comandos nos remeta automaticamente aos tempos do MS-DOS, a verdade é que no CMD ou Prompt de comando do Windows Ainda é uma ferramenta muito prática, como vemos continuamente nos diversos artigos deste blog. Na verdade, há uma série de Comandos CMD que todos deveríamos saber de cor, porque vão facilitar muito a nossa vida.

Para falar a verdade, existe um número tão grande de comandos que é quase impossível aprender todos eles. A lista seria interminável. O importante é saber utilizar alguns comandos básicos que nos permitem, por exemplo, criar diretórios e arquivos, fazer ajustes no sistema, automatizar tarefas e outras ações úteis.

Mas antes de listar os comandos CMD que você precisa saber, é importante lembrar o que é exatamente o Prompt de Comando. É um programa que faz parte do Windows (portanto, não pode ser desinstalado) e que nos permite realizar ações avançadas no sistema operacional através de comandos. Visualmente é semelhante ao terminal GNU/Linux, embora seu escopo seja muito menor.

Existem duas maneiras de console de comando aberto no Windows 10 e Windows 11:

  • Vá para a caixa de pesquisa do Windows, digite CMD e depois clique Símbolo do sistema.
  • Use a combinação de teclas Windows + R, então escreva cmd.exe na janela corrida e pressione Entrar.

Você já deve saber de tudo isso. E também é possível que você já conheça muitos dos comandos que apresentaremos a seguir. Mas também é certo que encontrará muitos outros que sem dúvida lhe serão muito úteis:

Lista de comandos CMD

cmd todos os comandos

Isto é A lista de comandos CMD que todos os usuários do Windows devem conhecer para aproveitar ao máximo o sistema operacional: facilitar tarefas, resolver erros e muito mais. Apresentamos-los em duas listas: comandos básicos e comandos opcionais.

comandos básicos

Primeiro listamos os comandos fundamentais, quase poderíamos dizer “conhecimentos necessários”: Oferecemos-lhes classificados em ordem alfabética:

  • CD: Usado para alterar diretórios e exibir o diretório atual.
  • CLS- Limpa os resultados da página do prompt de comando. Muito útil quando já estamos no mercado há algum tempo e o console de comando está muito cheio de dados.
  • CHKDSK- para examinar a unidade escolhida em busca de possíveis erros.
  • CMD- Usamos para abrir uma nova janela do Prompt de Comando.
  • CÓPIA- Para copiar um ou mais arquivos para um novo local.
  • INFORMAÇÃO- Usado para alterar a data do sistema.
  • A: para excluir arquivos.
  • DIR- Mostra todos os arquivos e pastas da pasta atual.
  • SAIR: logicamente, é usado para fechar e sair do CMD.
  • ENCONTRAR- para encontrar uma sequência de texto em um ou mais arquivos.
  • AJUDA- Abre uma lista de todos os comandos disponíveis.
  • IPCONFIG: mostra as informações básicas do nosso computador (o endereço IP, o sistema que utilizamos e o estado das conexões de rede).
  • LABEL- Para alterar, excluir ou rotular uma unidade.
  • MD: para criar um novo diretório.
  • MOVER- para mover arquivos ou diretórios.
  • NETSTAT- Exibe informações detalhadas sobre conexões de PC: TCP, portas abertas, estatísticas Ethernet e outros dados.
  • PAUSE: para suspender um processo em andamento.
  • PING: para verificar erros de rede ou estabelecer um diagnóstico sobre seu estado, velocidade e qualidade.
  • IMPRESSÃO: para imprimir.
  • RD: para excluir um diretório.
  • RECUPERAR: para recuperar o conteúdo de um arquivo.
  • REN: para renomear um arquivo (RENAME também é usado).
  • SFC / SCANNOW- Executa uma verificação completa de todos os arquivos do sistema, detectando erros e recuperando-os quando possível. O processo pode levar vários minutos.
  • Encerramento: Usado para desligar o PC.
  • Abra- Abre uma única janela para executar um programa.

Comandos opcionais

Embora os incluamos numa segunda categoria, isso não significa que a sua importância seja menor. Significa apenas que estes são comandos CMD que usaremos apenas ocasionalmente ou para tarefas muito específicas. São os seguintes:

  • ASSOC- Usado para exibir ou modificar associações de extensões de arquivo.
  • ATTRIB- para exibir ou alterar os atributos de um determinado arquivo.
  • BCDEDIT- Usado para modificar dados de configuração de inicialização.
  • CHAMADA: para chamar um programa em lote.
  • CHCP: Usado para definir o número da página de código ativa.
  • CHDIR: mostra o nome do diretório atual, embora também seja usado para alterar diretórios.
  • CHKNTFS- Usamos para descobrir o sistema de arquivos de uma unidade.
  • COLOR- Altere as cores padrão do console do Windows.
  • COMP- para comparar o conteúdo de dois ou mais arquivos.
  • COMPACT- visualizar ou alterar a compactação de arquivos em partições NTFS.
  • CONVERTER- Converta um volume FAT em NTFS.
  • DISKPART- Este comando inicia uma ferramenta de gerenciamento de discos. Usado para criar partições e formatar unidades.
  • CONSULTORIA– para exibir uma lista de todos os drivers do seu computador.
  • ECHO: para ativar ou desativar o eco do comando.
  • ERASE: para excluir arquivos.
  • FC: é um comando alternativo para a função COMP.
  • FINDSTR: Comando semelhante ao FIND, mas com maior grau de especificidade.
  • PARA- para executar o comando para cada um dos arquivos especificados no conjunto de arquivos.
  • FORMATO: para formatar um disco.
  • fsutil- Usado para reparar arquivos.
  • Ftype: Sua função é modificar os tipos de arquivos utilizados nas associações de extensões de arquivos.
  • GOTO- Para direcionar o CMD para uma linha rotulada dentro de um programa em lote.
  • GPRESULTADO- Fornece informações sobre o conjunto resultante de políticas RSoOP para um determinado usuário.
  • ICACLS- Armazena DACLs para arquivos e pastas correspondentes no fileACL.
  • IF- Para processamento condicional de programas em lote.
  • MKDIR: Sua função é a mesma do comando MD.
  • MKLINK- para criar um link simbólico.
  • MODA- Usado para configurar dispositivos do sistema.
  • MAIS: Exibe informações tela por tela.
  • ABRIR ARQUIVO- Usado para permitir que um administrador liste ou desanexe arquivos ou pastas.
  • PATH- Exibir ou definir caminhos de pesquisa para arquivos executáveis.
  • Popd: para mudar para o diretório salvo no comando PUSHD.
  • PROMPT: para alterar o prompt de comando.
  • Pushd: serve para salvar o diretório atual e ser utilizado posteriormente pelo comando POPD.
  • REM- Usado para registrar comentários em um arquivo em lote.
  • SUBSTITUIR: para substituir arquivos.
  • ROBOCOPY: para copiar arquivos.
  • SET- Usado para exibir, definir ou remover variáveis ​​de ambiente CMD.
  • SETLOCAL: Sua utilidade é a mesma do comando anterior, embora para operar em lotes.
  • SC- Estabelece comunicação com o gestor de controle de atendimento e com os serviços.
  • SCHTASKS- Para permitir que um administrador externo execute determinadas tarefas.
  • DESLOCAMENTO- Usado para alterar a posição de parâmetros substituíveis em um arquivo em lote.
  • Resultado: Classifica linhas de texto.
  • SUBST- Associa um caminho a uma letra de unidade.
  • Systeminfo- Exibe informações de configuração do Windows.
  • Lista de Tarefas- Exibe a lista de processos em execução.
  • TAREFA: para encerrar um processo.
  • TIME: para alterar a hora manualmente.
  • IMERSÃO DE INGLÊS- para alterar o nome da janela CMD.
  • ÁRVORE- Exibe graficamente (como uma árvore) a estrutura de pastas de uma unidade.
  • TIPO- para visualizar o conteúdo de um arquivo de texto.
  • VER: informa qual versão do Windows instalamos.
  • VERIFICAR: para verificar a escrita correta de um arquivo.
  • VOL: Mostra a capacidade ou volume do disco.
  • XCOPY- para copiar arquivos e diretórios.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.